Estado certifica 356 municípios com melhores índices de vacinação, Patrocínio fica de fora

Selo Bora Vacinar é parceria do Governo de Minas com Ministério Público para valorizar as prefeituras que atingiram ou se aproximaram das metas de imunização

Estado certifica 356 municípios com melhores índices de vacinação, Patrocínio fica de fora

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) e o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) entregaram o selo de reconhecimento Bora Vacinar a 356 municípios mineiros. Essas cidades alcançaram ou se aproximaram das metas de vacinação instituídas pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) em 2023. Patrocínio ficou de fora dessa premiação.

O selo Bora Vacinar foi criado no ano passado pelo Governo de Minas e o MPMG para estimular ações municipais de incentivo à vacinação e combater doenças imunopreveníveis, evitando assim a ocorrência de novas epidemias e o retorno de doenças já erradicadas. O projeto tem ainda parceria da Associação Mineira de Municípios (AMM) e do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais (Cosems).

Critérios e mais cidades alcançadas

O Selo Ouro é conferido ao município que atinge a meta nas 14 vacinas avaliadas para crianças menores de um ano e com um ano de idade e o selo Prata é concedido ao município que consegue atingir de dez a 13 vacinas, que são BCG, Rotavírus Humano, Pneumocócica, Meningo C, Pentavalente (DTP/HepB/Hib), Poliomielite VIP, Febre Amarela, Pneumo10 (1° Reforço), Meningo C (1° Reforço), Tríplice viral - D2, Poliomielite VOP, DTP (1°Reforço), Varicela e Hepatite A infantil.

A meta de cobertura vacinal preconizada pelo Ministério da Saúde para as vacinas BCG e rotavírus é de 90%. Para as demais vacinas, a meta é de 95%. 

 

COMPARTILHE NO:

+ VEJA TAMBÉM

Governo do Estado lança programa de retomada gradual o Turismo

Governo do Estado lança programa de retomada gradual o Turismo

Rota do Café entre MG e SP vira monumento nacional

Rota do Café entre MG e SP vira monumento nacional