Senado vai debater falta de insumos para plantio

A ameaça de falta de insumos para o plantio da safra 2021/2022 é motivo de preocupação

Senado vai debater falta de insumos para plantio

A Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) tem reunião semipresencial, na quinta-feira (21/10), às 8h, para debater o risco de falta de insumos para o plantio da safra 2021/2022. A proposta foi do senador Zequinha Marinho (PSC-PA).

“A ameaça de falta de insumos para o plantio da safra 2021/2022 é motivo de preocupação. Nos últimos meses, surgiram informações de sojicultores sobre atrasos na entrega – e o que é mais preocupante – do cancelamento de contratos e de pedidos de compra de fertilizantes e defensivos, entre eles do herbicida glifosato, um dos mais utilizados no planeta”, afirma
o senador.

Para Zequinha, a falta desses produtos pode comprometer a produção rural, reduzindo volume e qualidade da safra de grãos, principalmente soja e milho, impactando toda a cadeia produtiva e aumentando a inflação dos alimentos.

“Sem fertilizantes e defensivos, as lavouras perdem produtividade, que é vital para a garantia da renda dos produtores e da sustentabilidade social e ambiental, pois representa produzir mais alimentos com menor utilização de recursos e de área de plantio”, argumenta Zequinha.

Foram convidados para o debate Sérgio de Zen, diretor-executivo de Política Agrícola e Informações da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), e Antonio Galvan, presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja).

Também devem participar representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, do Ministério das Relações Exteriores e do Ministério de Minas e Energia.

O presidente da CRA é o senador Acir Gurgacz (PDT-RO). As informações são da Agência Senado.

 

COMPARTILHE NO:

+ VEJA TAMBÉM

Governo aprova teto de preço de R$140mil para isenção de IPI de carro PCD

Governo aprova teto de preço de R$140mil para isenção de IPI de carro PCD

Coronavac tem 86% de efetividade contra mortes, aponta estudo.

Coronavac tem 86% de efetividade contra mortes, aponta estudo.

Tino Marcos anuncia saída da Globo

Tino Marcos anuncia saída da Globo

Crise na pandemia pode afetar por nove anos salário dos brasileiros

Crise na pandemia pode afetar por nove anos salário dos brasileiros