OIC aprova proposta de texto do Novo Acordo Internacional do Café

A iniciativa dá formalmente as boas-vindas ao setor privado global e abre discussões sobre o futuro do café

OIC aprova proposta de texto do Novo Acordo Internacional do Café

A Organização Internacional do Café (OIC) aprovou, em junho, proposta de texto do Novo Acordo Internacional do Café 2022. Com a decisão, a OIC da boas-vindas formalmente ao setor privado global para as principais discussões sobre o futuro do café, participando como membro afiliado.

A nova versão do documento global foi construída por um Grupo de Trabalho da Força-Tarefa Público-Privada do Café e inclui o setor privado na discussão e na formulação de soluções para aprimorar a condição de vida dos cafeicultores. É uma consequência da Resolução 465 da OIC, que trata da crise de preços do café.  

A partir do novo Acordo, a OIC pode trazer todas as partes à mesa pela primeira vez e enfrentar os desafios por meio da cooperação internacional privada e pública, envolvendo seus governos membros, que representam 93% da produção mundial de café e 63% do consumo mundial. Hoje, o mundo bebe mais de 2 bilhões de xícaras de café por dia. O Brasil tem papel fundamental no mercado global, visto que de cada três xícaras consumidas no mundo, uma é do café produzido no Brasil.

A próxima reunião do Conselho da Organização Internacional do Café será de 3 a 7 de outubro de 2022, em Bogotá, Colômbia, momento em que o Acordo será assinado pelos seus membros.

COMPARTILHE NO:

+ VEJA TAMBÉM

Ganhador da Mega Sena aparece 22 dias após prazo para resgatar R$ 162 milhões

Ganhador da Mega Sena aparece 22 dias após prazo para resgatar R$ 162 milhões

Brasileiro é a terceira nacionalidade que mais sonha viajar em 2021

Brasileiro é a terceira nacionalidade que mais sonha viajar em 2021

Covid-19: terceira dose da vacina será aplicada a partir de setembro

Covid-19: terceira dose da vacina será aplicada a partir de setembro

Câmara aprova retomada da gratuidade no despacho de bagagens

Câmara aprova retomada da gratuidade no despacho de bagagens