Romeirovia: ações de segurança foram implantadas na BR365, sentido Romaria

Até o dia 15 de agosto os fiéis contarão com cones, placas, painéis de sinalização de Led e canalizadores de tráfego ao longo da rodovia.

Romeirovia: ações de segurança foram implantadas na BR365, sentido Romaria

Até o dia 15 de agosto o trecho da BR-365/MG, entre Uberlândia, Romaria, Patrocínio e Patos de Minas, contará com reforço nos dispositivos de sinalização em função da Festa de Romaria. Neste período muitos fieis fazem a peregrinação até o Santuário de Nossa Senhora da Abadia.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) orienta aos usuários da rodovia que intensifiquem a atenção no segmento durante o período, quando a área adjacente às faixas de domínio da rodovia é utilizada por pedestres que participam de peregrinação.

Para garantir a segurança durante o período, foram instalados cones, placas, painéis de sinalização de Led e canalizadores de tráfego ao longo da rodovia. No trecho compreendido entre o km 596 e o km 608 ocorre uma concentração maior de dispositivos de sinalização, em razão da geometria da pista e das condições da via, onde foram instalados equipamentos a cada 15 metros.

Além disso, na ponte sobre o rio Araguari, foram instaladas grades de proteção no local para contribuir com a manutenção da segurança dos romeiros durante o período da peregrinação.

COMPARTILHE NO:

+ VEJA TAMBÉM

Câmara entrega parte das doações da “Campanha do Agasalho

Câmara entrega parte das doações da “Campanha do Agasalho"

SINE solicita implantação do Programa Jovem Aprendiz na Câmara Municipal

SINE solicita implantação do Programa Jovem Aprendiz na Câmara Municipal

Deputado federal Luis Tibé visita o HC Patrocínio e as obras do hospital

Deputado federal Luis Tibé visita o HC Patrocínio e as obras do hospital

Prefeito e secretário de Administração de Patrocínio são denunciados por pedirem vantagem indevida para liberar loteamento

Prefeito e secretário de Administração de Patrocínio são denunciados por pedirem vantagem indevida para liberar loteamento