COPOM aumenta para 5,25% a Taxa Selic

O aumento é provocado pela alta da inflação, pressionada pelos preços da energia elétrica e dos combustíveis. Esta foi a quarta elevação consecutiva neste ano.

COPOM aumenta para 5,25% a Taxa Selic

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu nesta quarta-feira (04.08) elevar a taxa básica de juros da economia, a Selic, de 4,25% para 5,25% ao ano. A decisão do Copom é motivada pela alta da inflação.


O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – considerado a inflação oficial do país – registra alta de 3,77% no acumulado do ano até junho e 8,35% nos últimos 12 meses, segundo dados do IBGE. Entre os fatores que têm puxado o aumento da inflação para cima estão os preços da energia elétrica e dos combustíveis. O mercado financeiro estima que a inflação terminará o ano em 6,79%, segundo dados do Boletim Focus. 

Em nota, o Copom sinalizou que fará outra alta de um ponto percentual na próxima reunião, que acontecerá em 21 e 22 de setembro. O comitê sinalizou, ainda, que a taxa Selic deve encerrar o ano acima do patamar considerado de "juro neutro".
O percentual de 6,5% é entendido, pelo Banco Central, como o "juro neutro", ou seja, que não acelera nem desacelera a inflação.


Com a sinalização, o Copom indica que deve subir até o fim do ano a Selic para além de 6,5%, em linha com o que espera o mercado financeiro. Patamares acima do neutro são chamados de juros restritivos, voltados a contrair o consumo para controlar a inflação.

COMPARTILHE NO:

+ VEJA TAMBÉM

Oxford testa ivermectina como possível tratamento para covid-19

Oxford testa ivermectina como possível tratamento para covid-19

Crédito Rural é destaque do Caminhão Agro que estará em Patrocínio até o dia 13 de agosto

Crédito Rural é destaque do Caminhão Agro que estará em Patrocínio até o dia 13 de agosto

Câmara aprova projeto que torna escolas e faculdades atividades essenciais

Câmara aprova projeto que torna escolas e faculdades atividades essenciais

Transferências por WhatsApp devem começar nas próximas semanas, diz Mastercard

Transferências por WhatsApp devem começar nas próximas semanas, diz Mastercard